Qual a pedra preciosa mais rara do mundo hoje?

As pedras preciosas são adornos de desejo de milhares de mulheres no Brasil e no mundo, em especial o diamante, que normalmente é usado em anéis, brincos e colares, por exemplo. Graças a grande paixão por ele, muitos acreditam que o diamante seja a pedra preciosa mais rara do mundo, mas na verdade, o diamante comum não está sequer no top 10.

As pedras preciosas são minerais, rochas ou material petrificado que depois de polido e lapidado pode ser usado em forma de jóia, também sendo conhecidas como gemas. Isso significa que para que você consiga encontrar uma pedra preciosa, é necessário escavar muita terra até encontrar um pequeno fragmento que pode ser usado como adorno, fazendo com que quanto mais você tenha que procurar, mais preciosa a pedra seja.

Leia também Onde são encontradas pedras preciosas no Brasil?

Pensando nisso, separamos um top 10 com as pedras preciosas mais raras do mundo até a primeira, que é considerada uma das mais difíceis de encontrar. Veja a seguir e entenda o porquê!

Qual a pedra preciosa mais rara do mundo?

10- Tanzanita

A tanzanita é uma pedra preciosa de cor azulada com facetas roxas, e só pode ser encontrada nos pés do Monte Kilimanjaro, na Tanzânia, sendo o motivo que levou a pedra a receber esse nome. 

a tanzanita recebeu esse nome porque só pode ser encontrada na Tanzânia, e hoje é uma das pedras mais raras
a tanzanita recebeu esse nome porque só pode ser encontrada na Tanzânia, e hoje é uma das pedras mais raras

Considerando que ela só pode ser encontrada em um lugar no mundo todo, alguns especialistas acreditam que a tanzanita pode não ser mais encontrada daqui 20 anos, tornando-a uma das pedras mais raras do mundo todo.

9- Taaffeite

O Taaffeite é um mineral descoberto pelo geologista Count Edward Charles Richard Taaffe, que se deparou com a pedra enquanto vasculhava por uma caixa de pedras espinélio com cores semelhantes.

A pedra é encontrada nas paletas de cores puxadas para o lilás, e foi encontrada em 1945 em Sri Lanka, apesar de também poder ser encontrada na Tanzânia. Porém, até os dias de hoje, foram encontradas pouquíssimas unidades desta pedra preciosa no mundo todo.

8- Opala negra

Apesar da Opala ser uma pedra preciosa bastante comum, a Opala Negra é uma linda raridade da natureza. Esse tipo de pedra preciosa possui um fundo escuro listrado com redemoinhos cósmicos e brilhantes de deixar qualquer um fascinado. 

o opala negro é encontrado especialmente na Austrália
o opala negro é encontrado especialmente na Austrália

A jóia é extraída especialmente em Nova Gales do Sul, na Austrália, mas algumas pedras Opala Negra foram encontradas também em Mintabie, uma cidade no sul da Austrália.

7- Benitoita

Normalmente de coloração azul que lembra as ondas do mar, a pedra Benitoita foi encontrada em pequenos lugares do Japão e Arkansas e hoje em dia é comercializada apenas em um ponto de benitoita na Califórnia, em San Benito.

Porém, a mina não produz mais de modo ativo a pedra azul magnífica, tornando-a ainda mais rara. Quando encontrada na natureza, a benitoíta normalmente varia entre um e dois quilates, no máximo.

6- Berilo Vermelho

O único local do qual o Berilo Vermelho pode ser extraído é nas montanhas Wah Wah em Utah, e apesar de ter sido encontrada em outros locais no México, a grande maioria é pequena demais para ser comercializada como jóia.

Para se ter uma ideia de como essa pedra é rara, o Centro de Pesquisa Geológico de Utah estima que para cada 150.000 pedras de diamante, exista apenas 1 berilo vermelho com qualidade de ser comercializado como jóia.

5- Alexandrita

Embora o nome da pedra tenha sido escolhido em honra ao imperador russo Alexandre II, a pedra alexandrita se popularizou mais ainda por ser chamada de “esmeralda de dia, rubi de noite”. Isso porque a pedra varia entre tons azuis esverdeados e magenta, dependendo da luz nas quais são expostas.

conhecida por ter duas cores que refletem diferente com cada luz, a Alexandrita pode ser considerada uma mistura de rubi com esmeralda
conhecida por ter duas cores que refletem diferente com cada luz, a Alexandrita pode ser considerada uma mistura de rubi com esmeralda

A pedra foi descoberta em 1830 nos Montes Urais da Rússia, e atualmente algumas minas novas foram descobertas no leste da África, Sri Lanka e aqui no Brasil.

4- Jadeite

A Jadeite pode ser encontrada em diversos tons de verde, desde os mais claros e mais pálidos, até os mais intensos como a esmeralda. No entanto, um Jadeite de qualidade possui um tom verde intenso translúcido, considerado o melhor de toda a classe.

Antigamente, a pedra era usada em ferramentas e armas por ser considerada um mineral bastante duro, e hoje é minerado especialmente em Mianmar, na Ásia.

3- Musgravita

A Musgravita é a terceira pedra preciosa mais rara do mundo, e foi descoberta em 1967 no Sul da Austrália, em Musgrave Ranges, quando só existiam 8 pedras de musgravita no mundo todo. Desde então, algumas pequenas pedrinhas de Musgravita foram encontradas em Sri Lanka, Tanzânia, Groenlândia, Antártica e Madagascar, mas isso não fez com que ela deixasse de ser difícil de ser encontrada.

a estimativa é que exista apenas 8 gemas de musgravita no mundo todo
a estimativa é que exista apenas 8 gemas de musgravita no mundo todo

2- Diamante estrela rosa

O diamante estrela rosa ocupa o segundo lugar de pedra preciosa mais rara do mundo, e foi encontrado em 1999 na África do Sul pela De Beers, uma empresa de mineração de diamantes.

A joia é tão rara que estima-se que de 20 milhões de quilates minerados por ano de diamantes, apenas 0,1% seja do diamante rosa, e nesse meio, apenas pequenas unidades equivalem ao diamante estrela rosa.

1- Painita

A Painita foi encontrada em 1950 e possui uma cor alaranjada puxada para o marrom, e até hoje no mundo todo só foram encontradas 2 pedras de painita, tornando-a a pedra mais rara do mundo. Embora alguns moradores tenham encontrado outros pequenos fragmentos de painita, nenhum deles era da mesma cor que as duas primeiras encontradas nos anos 50.

a painita é hoje a pedra mais rara do mundo, e só existem 2 gemas com as cores mais intensas da pedra hoje no mundo todo
a painita é hoje a pedra mais rara do mundo, e só existem 2 gemas com as cores mais intensas da pedra hoje no mundo todo

Agora que você viu qual a pedra preciosa mais rara do mundo, ficou mais fácil entender como o mercado das jóias possui muitas variedades de pedras brilhantes de tirar o fôlego, não é? Dê uma olhada no catálogo da Victoria Sayeg e veja todas as peças de lançamento.