Anéis de dedinho Victoria Sayeg

Pode usar joias no trabalho? Não chama muita atenção? 

A questão de como se vestir para o trabalho é algo que comumente gera muitas dúvidas, principalmente entre as mulheres. O medo de errar ou exagerar no look talvez seja o maior motivo dessa insegurança, e o uso ou não de joias também está relacionado a isso. Será que é ok usar joias no trabalho?

Diversos fatores devem ser levados em consideração, como a profissão, o ambiente de trabalho e até mesmo o próprio estilo de cada uma. Em geral, a versatilidade das joias permite que esses acessórios sejam utilizados em qualquer ocasião, valorizando ainda mais o visual. O segredo é apostar nas peças certas. Saiba mais no artigo a seguir. 

Informe-se sobre as regras da empresa

Ambientes corporativos mais formais geralmente pedem um visual mais discreto, já que os profissionais precisam vestir roupas sociais para trabalhar. Mas isso pode variar muito de acordo com cada empresa e segmento de atuação, por isso é necessário ficar atento às regras do local no qual você trabalha. 

Observe se a empresa possui alguma restrição com relação aos acessórios e vestimentas. Caso não tenha, será mais fácil escolher seus looks de trabalho sem medo de errar.  

Menos é mais

Sempre que uma dúvida referente a vestuário surge, a dica de que “menos é mais” é válida. Não tem erro! O uso de joias no local de trabalho está comumente atrelado ao medo de estar exagerando e chamando atenção demais. Para evitar que isso aconteça, basta investir em acessórios mais minimalistas. 

Peças em tons neutros são muito elegantes, e podem ser usadas com qualquer combinação sem deixar o bom gosto de lado.

Evite misturar muitas cores e usar acessórios que pareçam pesados ao visual, assim você não corre o risco de destoar da proposta de um look profissional. Deixe essas peças para serem usadas em outras ocasiões, como em um jantar ou uma festa. 

Se você gosta de usar várias peças de uma vez, opte por um conjunto. São geralmente bem discretos e combinam entre si, por isso não tem problema em usar o brinco, a gargantilha e o anel em um mesmo look.

As joias usadas no ambiente profissional devem ser discretas, mas com personalidade. Pense nisso na hora de escolher o que mais te agrada. 

Invista em joias coringa

Dando andamento à dica anterior, o melhor caminho para não errar no look é ter joias coringa, que caem bem em qualquer ocasião e com qualquer estilo de roupa.

Foque em joias que combinem com qualquer ocasião.

Assim como é recomendado ter no guarda-roupas peças de roupa específicas como saia lápis, blazer bem cortado e camisas de tecido leve, também é importante atentar para algumas opções de joias que podem transformar qualquer visual. 

Priorize colares, brincos, anéis e pulseiras que sejam versáteis, o que vai facilitar a sua produção. Dessa forma, você consegue apostar na peça certa e adequada ao dress code do local que trabalha.

Algumas boas opções são pulseiras finas, colares longos e discretos com ou sem pingente, brincos de brilhante pequeno, etc. 

Equilibre o tamanho das joias

Ter bom senso na hora de escolher os acessórios é algo determinante para conseguir combinações elegantes e agradáveis. Para isso, escolha peças que combinem entre si, atentando para o equilíbrio entre os tamanhos e designs. 

Se você trabalha em um lugar formal (como escritórios de administração e advocacia, por exemplo), evite usar colares grandes com brincos maxi, pois essa combinação pode resultar em um visual carregado e exagerado para o local de trabalho. Se você gosta de pedras, dê preferência às mais discretas, e evite aquelas com muito brilho.  

Joias com pedras pequenas ou pérolas são coringas.

Agora, se o seu cargo e ambiente profissional permitem explorar a criatividade (como agências de publicidade, escritórios de arquitetura e produtoras culturais), invista em uma peça central de destaque, como um colar grande combinado a brincos pequenos, ou vice-e-versa. 

Uma boa ideia que nunca tem erro é optar por acessórios clássicos, mais elegantes e que não saem de moda. Para isso, as pérolas são sempre uma boa pedida. São itens que podem ser usados em diversas ocasiões, como reuniões de trabalho, jantar de negócios, eventos corporativos e outros.

Use joias que favoreçam suas características físicas

Assim como acontece na hora de escolher roupas e calçados, também é importante atentar para os acessórios que valorizam os seus pontos fortes e disfarçam os pontos fracos. Para isso, leve em conta as suas características físicas. 

Para pessoas com o pescoço curto, por exemplo, é recomendado evitar usar gargantilhas muito justas, e maxi colares por cima de camisas fechadas. São escolhas que podem dar a falsa sensação de achatamento da silhueta. Prefira decotes mais abertos e colares longos, que vão valorizar o visual. 

Se você tem o punho largo, experimente usar uma única pulseira, ao invés de várias. Prefira pulseiras largas, que não fiquem tão agarradas, pois do contrário podem dar uma sensação de que o punho é ainda maior. 

Quem tem rosto fino e comprido, pode apostar em peças redondas e largas, como brincos de argolas, que caem muito bem. Se você tem o rosto redondo, uma boa pedida são colares longos e brincos compridos, equilibrando as linhas do rosto com os designs das peças, dando a sensação de alongamento. 

Combine os acessórios com a cor da pele

Outro segredo que faz toda a diferença na hora de escolher as joias é combiná-las com a cor da pele.

Colo com três colares: uma choker com pedrinhas brancas, outro de tamanho médio com pingente em formato de gota e o terceiro, um pouco mais longo, com pingente de letra A cravejado com pedras brancas.
Itens em ouro caem bem com peles quentes

Itens dourados caem muito bem em peles quentes, assim como o prateado em quem tem pele fria. Para identificar o tom da sua pele, é só verificar a coloração das veias do seu pulso sob a luz natural. Se elas forem esverdeadas, sua pele é quente. Se forem azuis ou roxas, sua pele é fria. 

Além disso, quem tem pele clara fica muito bem com pedras escuras, seja nos anéis, brincos, colares ou pulseiras.

Só tome cuidado para não criar fortes contrastes. Quem tem pele negra fica deslumbrante com tons dourados e vermelhos. E para as peles amarelas, como é o caso das pessoas orientais, invista em acessórios com cores frias, como o verde e o azul. 

Vale lembrar que tudo o que foi falado neste artigo são apenas sugestões, e não regras. Elegância é também sobre se sentir confortável e valorizada com as peças de sua escolha. Os melhores looks são aqueles que você se sente bem usando.

Histórias Sayeg

Joias delicadas

Posts SImilares