Conheça as principais pedras preciosas e suas cores

O universo das joias é rico em variedades de cores e características, e cada pedra preciosa possui suas particularidades que as tornam únicas. Isso se dá graças à composição de cada tipo de pedra, que faz com que suas cores e características sejam únicas, mesmo que elas venham do mesmo mineral. Mas você conhece as principais pedras preciosas e suas cores?

Diferente do que muitos acreditam, as pedras preciosas não possuem uma única classe. A esmeralda, por exemplo, não é um mineral puro, já que ela é uma variação do berilo rico em ferro ou cromo. E isso acontece com quase todas as pedras preciosas do planeta, incluindo os diamantes coloridos, que são variedades dos diamantes puros que acabam se misturando com substâncias como o bromo, por exemplo, e acabam ficando naturalmente coloridos devido às reações químicas.

Para lhe auxiliar, separamos um post falando mais sobre as principais pedras preciosas e suas cores. Confira a seguir!

Conheça as principais pedras preciosas e suas cores

Diamante

Os diamantes são pedras preciosas translúcidas, sendo sua versão incolor a mais comum de todas. A pedra é composta por carbono, e suas reações químicas com outros componentes como ferro e bromo, por exemplo, podem fazer com que a pedra chegue a tons coloridos como azul, amarelo, rosa e vermelho.

os diamantes fazem parte das principais pedras preciosas
os diamantes podem ser encontrados de diversas cores na natureza

Embora os diamantes incolores sejam muito famosos, os mais caros do mundos são os coloridos, já que são considerados mais raros e com brilho incomparável. Isso acontece porque o diamante é a pedra mais brilhante entre as pedras preciosas, e quase nenhuma outra gema é capaz de reluzir tanto quanto ele.

Esmeralda

A esmeralda é uma pedra da família do berilo, e possui cores que variam entre verde claro e verde escuro. Normalmente ele é minerado na África do Sul, Estados Unidos e em alguns lugares do Brasil, mas é na Colômbia que encontra-se a maior quantidade de esmeraldas valiosas.

As esmeraldas de tons verde-intenso são as mais cobiçadas e mais caras, e quanto mais translúcida a pedra for, mais valiosa ela se torna. Além disso, as esmeraldas mais puras podem superar o valor de pedras famosas, como o próprio diamante.

Rubi

O Rubi é outra pedra preciosa muito desejada no mundo todo, e é uma variação do mineral coríndon. Sua cor varia entre as nuances do vermelho, e quanto mais intensa for sua cor, mais cara será a pedra.

O rubi pode ser minerado na Tailândia, Burma, Tanzânia e Sri Lanka, e sua dureza é tão intensa que perde apenas para o diamante.

a pedra rubi é conhecida por sua intensa cor vermelha
a pedra rubi é conhecida por sua intensa cor vermelha

A coloração vermelha característica da pedra é resultado de uma pequena mistura de óxido crômico em sua composição, e somente os coríndons vermelhos são chamados de rubis, já que as outras cores são classificadas como safiras coloridas.

Sabe-se hoje em dia que os rubis translúcidos e grandes são mais raros e valiosos do que os diamantes incolores.

Safira

As safiras são variações do coríndon, assim como os rubis, e possuem cores que variam entre verde, branco, amarelo, rosa, laranja, roxo, marrom e o mais famoso: azul. A safira pode ser minerada em Sri Lanka, Austrália, Índia e Brasil, na sua grande maioria.

Uma vez que a safira azul é a mais popular, muitas pessoas conhecem a safira azul apenas como safira, e muitas delas nem sabem que a pedra pode ser encontrada em outras cores.

Sua dureza é equivalente ao do rubi, e é uma excelente opção para joias por ser uma pedra bastante resistente. 

As safiras puras e de qualidade são difíceis de encontrar, e lapidar a pedra demanda muita habilidade e experiência para não estragar a gema.

Alexandrita

A alexandrita é conhecida também como “esmeralda de dia, rubi de noite”, já que sua cor varia entre azul-esverdeado e tons de vermelho e magenta de acordo com a luz em que ela é exposta.

Pode ser minerada especialmente na Rússia, Madagascar e Estados Unidades.

Ela é considerada uma das pedras preciosas mais raras do mundo, além das mais caras, sendo mais difícil de encontrar do que o rubi e a esmeralda.

Ametista

A ametista é uma variação roxa do quartzo, e é encontrada em abundância no Brasil, Canadá, Sri Lanka, Índia e Rússia. Sua cor é resultado de traços de titânio, manganês e aço em sua composição, e quanto mais intensa for sua cor, mais valiosa é a pedra.

O nome da pedra vem da palavra grega “Amethystos”, que significa “não intoxicado” ou “não bêbado”, e é considerada a pedra preciosa mais valiosa na família do quartzo.

Água-marinha

A água-marinha também é uma variação do berilo, e sua cor lembra os tons do mar. É encontrada especialmente no Brasil, Rússia e Madagascar, e é uma das pedras preciosas mais usadas para fazer jóias no Brasil.

a água marinha faz parte das principais pedras preciosas
a água marinha possui tons que lembram a água do mar

Quanto mais azul for a cor da água-marinha, mais valiosa a pedra se torna, e seu nome foi escolhido graças à lembrança da cor da pedra com a água do mar.

Citrino

O Citrino é outra variação do quartzo, e normalmente varia entre tons de amarelo e laranja, minerado em sua grande maioria no Brasil, Madagascar, Rússia, Espanha e Escóssia. Seu nome foi escolhido baseado na palavra francesa “Citrin”, que significa “amarelo”.

Devido a sua coloração, muitas pessoas acabam confundindo o Citrino com o topázio.

Granada

Outra variação do quartzo, a granada possui cores avermelhadas, preta, verde, amarelo e violeta, encontradas na Índia, Sri Lanka, Burma, China e Estados Unidos. Essa é uma das pedras com mais variedade de cores e seu nome foi inspirado nas sementes de romã, já que em inglês a pedra é chamada de Garnet e a fruta de “pomegranate”.

A granada possui algumas variedades, como a almandina e grossularite, por exemplo.

Ônix

A pedra ônix é uma variação do quartzo, e possui cores que vão desde o preto e branco até o vermelho, marrom e petro com riscos brancos. A mineração é feita no Brasil, Estados Unidos, Sri Lanka e Madagascar.

Suas características são semelhantes à ágata, outra variação do quartzo, mas a diferença é que o ônix possui bordas mais consistentes.

A pedra era bastante popular na Grécia e Roma antiga, e seu nome vem da palavra grega “onyx” que significa “unha ou garra”.

Opala

A opala é uma pedra minerada no Brasil, Japão, Rússia, México e Estados Unidos, e possui uma variedade entre branco, cinza, preto, vermelho, amarelo e laranja. As mais famosas são as opalas brancas com riscos coloridos quando refletidas na luz e as alaranjadas, chamadas de opala de fogo. Já a opala negra é uma das pedras mais raras e caras do mundo todo.

A pedra recebeu esse nome por sua extraordinária característica de opalescência, que é uma espécie de jogo de luz em opalas de alta qualidade. Quando a luz bate na superfície da pedra, ela reflete uma aura colorida e iridescente.

Pérolas

As pérolas mais famosas são as brancas, mas também é possível encontrar pérolas roxas, rosas, verdes, azul, marrom, amarelo e até pretas. Normalmente são encontradas no Golfo Persian, no mar da China, quando encontradas na natureza. No entanto, hoje em dia a maioria das pérolas são produzidas em cativeiro.

as pérolas também são encontradas em versões coloridas, como marrom e rosa
as pérolas também são encontradas em versões coloridas, como marrom e rosa

As pérolas naturais são mais valiosas do que as pérolas cultivadas, embora hoje em dia seja muito difícil encontrar as pérolas formadas naturalmente pelo mar.

Tanzanita

A tanzanita também faz parte das principais pedras preciosas e é considerada uma pedra preciosa rara encontrada apenas na Tanzânia, motivo do nome da pedra preciosa. Sua cor varia entre nuances de azul, violeta e roxo, e é da família do quartzo. A pedra foi descoberta em 1967, na Tanzânia, e a grande maioria dessas pedras desenvolvem sua coloração depois de serem submetidas ao calor.

Topázio

O topázio é um mineral encontrado nas cores azul, marrom, vermelho, amarelo, dourado, incolor, verde e laranja, e pode ser minerado no Brasil, Burma, Nigéria, Austrália e México.

Ele é uma variação do quartzo, e é mais comum na cor amarela, porém, pode se tornar azul quando submetida ao calor, e seu nome é uma variação da palavra sânscrita “Tapas”, que significa “fogo”.

Turmalina

As turmalinas são pedras que possuem mais de 33 substâncias em sua composição, e são encontradas nas cores verde, amarelo, preto, sendo mais comum as rosas e vermelhas.

A mineração de turmalinas se concentra especialmente no Brasil, Sri Lanka, África do Sul e Paquistão.

Suas cores são brilhantes e translúcidas, e sua composição é uma mistura de cristais mestiços de silicato de boro de alumínio com diversas outras substâncias.

A pedra recebeu o nome graças ao termo cingalês “tura mali”, que significa “pedra com cores misturadas”.

Algumas turmalinas recebem nomes específicos de acordo com a cor: as rubelitas, por exemplo, são turmalinas vermelhas-rosadas.

Agora que você viu as principais pedras preciosas e suas cores, não deixe de dar uma olhada na grande variedade de joias que são feitas com essas pedras. Além de terem uma beleza única, cada pedra preciosa possui particularidades diferentes como dureza e brilho e a forma como reflete a luz em seu interior e superfície.

Confira o catálogo com os lançamentos de joias com pedras preciosas no site da Victoria Sayeg.

Histórias Sayeg

Joias delicadas

Posts SImilares