Livro aberto com peças em Ouro 18k e Pérolas dispostas em cima

As pérolas são ornamentos universais, absolutamente versáteis e capazes de conferir elegância e beleza a qualquer visual. Conhecida como a rainha das gemas, possui significados e simbolismos importantes, que atravessam os séculos da história humana. 

Nesse artigo, você vai saber como a pérola é vista em diversas partes do mundo, quais os significados atribuídos a ela, e como elas são formadas. Boa leitura! 

Como as pérolas são formadas? 

A pérola é produzida por moluscos, que vivem tanto em águas salgadas quanto em águas doces. É fabricada naturalmente, quando corpos estranhos invadem as conchas desses animais.

O anel de dedinho mindinho feminino, também conhecido como pinky ring em inglês, é um acessório essencial para mulheres empoderadas com forte personalizade. oferecemos versões lisas e com pedras preciosas além de personalização com letras e inicial do seu nome. todas as peças são confeccionadas em ouro 18k.

Perolas são comumente encontradas em ostras.
Perolas são encontradas em ostras.

Como reação a essa invasão, a ostra cobre o invasor com várias camadas de nácar, uma substância calcária brilhante e rosada, que resulta na formação da pérola. Um simples grão de areia é capaz de provocar esse processo, que nada mais é que um mecanismo de defesa do pequeno animal. 

Por serem produzidas para barrar um processo de inflamação das ostras, são comumente associadas a aspectos como a cura e a purificação, entre outros simbolismos que veremos ao longo deste texto. 

A poluição das águas doces e salgadas e a procura exagerada por pérolas levou ao quase esgotamento desse recurso. Antes disso, as pérolas eram obtidas principalmente de maneira predatória no Golfo Pérsico, no Sri Lanka, em rios da China e da Europa.

Mais tarde, foram descobertas fontes ricas das gemas na América do Sul. Seu preço era muito elevado, razão pela qual sempre foram peças restritas aos mais nobres, em destaque nas coleções reais. Isso durou até meados da metade do século XX. 

Ainda assim, a procura por essa preciosidade sempre foi tão grande quanto o desejo de ter uma joia com esse tipo de adorno. Essa condição ajudou a promover o mercado das pérolas de cultura, obtidas de forma artificial, o que só foi possível com o avanço da tecnologia.

 Para isso, é inserido um objeto minúsculo no interior da ostra, entre o manto e a concha. Isso causa uma pequena inflamação, provocando a reação com a formação de sucessivas camadas de nácar. O resultado surpreende em diversos aspectos: cor, tamanho, variedade e até velocidade na busca por esse recurso. Hoje, a maior parte das pedras é cultivada, e alcança o padrão desejado do mercado. O Japão abriga as principais fazendas de cultivo de pérolas em larga escala. 

Embora as estimativas indiquem que as pérolas podem durar até 150 anos, foi encontrada uma pérola natural com cerca de 2 mil anos em escavações arqueológicas no oeste da Austrália em 2015. Incrível, não é?! 

Continue a leitura para descobrir outros simbolismos atribuídos às pérolas.

A pérola e seus significados

Sempre apreciada ao longo da história da humanidade, hoje a pérola representa aspectos como a feminilidade, criatividade e pureza. Em função disso, são uma escolha tradicional que as noivas usem colares de pérolas, simbolizando uma união feliz e próspera. 

Pérolas são consideradas femininas devido ao fato de conter um objeto embrionário dentro delas. Com isso, estariam naturalmente sintonizadas com as mulheres, principalmente as grávidas.

Brincos argolas em Ouro 18K e Pérolas Brancas
As perolas remetem a delicadeza feminina.

Sua primeira ocorrência registrada na história data de 2206 a.C., na China Antiga. Desde então, histórias, mitos e parábolas religiosas de diversas épocas e civilizações passam a citar as pérolas e tentam lhe atribuir um significado. A pérola é uma das primeiras gemas a ser descoberta pelo homem, que teria se surpreendido imensamente ao abrir uma ostra e encontrar uma esfera com brilho, uma gema pronta, sem a necessidade de lapidação ou polimento.

Na Grécia antiga, acreditavam que as pérolas seriam as lágrimas dos deuses. Os japoneses, por sua vez, as tinham como tesouros deixados por seres mitológicos como sereias, anjos e ninfas.

No auge do Império Romano, o imperador Júlio César, famoso por suas conquistas amorosas, ofereceu a Servília uma pérola no valor de seis milhões de sestércios (antiga moeda romana, em prata, criada por volta de 211 a.C).

Vitélio, outro general romano, teria roubado um brinco de pérola de sua mãe para poder financiar o pagamento de suas dívidas e seu regresso ao exército. 

O cristianismo acredita que as lágrimas de Adão e Eva teriam se transformado em pérolas quando foram expulsos do paraíso, as pérolas brancas como resultado das lágrimas dela, e as negras dele. Além disso, há a lenda de que as pérolas que envolvem o Santo Graal tornam seu conteúdo ainda mais puro.

Várias dessas histórias foram difundidas durante o período da Idade Média, assim como o costume das noivas usarem pérolas para evitarem chorar no dia do casamento.

Mas a religião cristã não foi a única a apreciar e reconhecer a grandiosidade dessas gemas. Na tradição hindu, as pérolas são citadas inúmeras vezes, especialmente na passagem envolvendo o deus Krishna, que ficou maravilhado ao descobrir que o oceano abriga verdadeiros tesouros da natureza, e então presenteou sua filha no dia do seu casamento. 

Mão com composição de anéis finos e delicados e um anel solitário de pérola branca
Composições leves e delicadas com anel de pérola.

No folclore do oriente, dormir com uma pérola sob o travesseiro atrai bênçãos, boa saúde e filhos para o casamento. Já os muçulmanos acreditam que as pérolas são algumas das recompensas encontradas no paraíso, pois a gema é considerada um símbolo da perfeição.

Uma lenda persa descreve as pérolas como o resultado do encontro de um arco-íris com o mar após uma tempestade.  

Essas gemas também já foram encontradas em túmulos de antigos faraós do Egito. Estudos indicam que era tradição que os nobres mortos fossem enterrados com essas e outras gemas durante o Egito antigo. Há a história de que Cleópatra teria dissolvido uma pérola no vinho, como forma de provar seu poder a Marco Antônio ao devorar a riqueza em apenas um gole.   

São diversas as histórias que reforçam a mística em torno desta gema que é um verdadeiro tesouro da natureza, escondido principalmente nas águas dos mares. Confira no próximo tópico algumas simbologias modernas associadas às pérolas.

Os benefícios da pérola

Para quem acredita no poder das pedras preciosas, as pérolas possuem ainda mais poder e significado. Aguçam a generosidade, a simplicidade, a integridade e a franqueza.

A elas são atribuídas também a sensualidade e a fertilidade, por isso seriam uma boa escolha para regular os hormônios e equilibrar o corpo para uma possível gestação.

Por ser o resultado de camadas de substâncias secretadas para combater a irritação ocorrida em função de um corpo estranho, também acredita-se que as pérolas podem ajudar a diminuir o estresse e os problemas de saúde relacionados a ele, como hipertensão, dores de cabeça e exaustão. Além disso, também teriam o poder de auxiliar na digestão.

 E para você, o que as pérolas significam? Acredita que elas têm realmente o poder de trazer tantos benefícios? Compartilhe a sua opinião nos comentários deste post.

Similar Posts